Cardeais e bispos da Congregação para as Causas dos Santos estiveram reunidos nesta terça-feira, 2, no Vaticano. Jornais italianos e também alguns veículos brasileiros noticiaram que, na reunião, foi reconhecido o segundo milagre por intercessão de João Paulo II, o que o levaria à canonização.

Em abril deste ano, esse segundo milagre foi reconhecido pela consulta dos médicos da Congregação para as Causas dos Santos, que reconheceu como inexplicável a cura de uma mulher atribuída ao bem-aventurado João Paulo II. O próximo passo é o reconhecimento pela comissão de teólogos e cardeais, levando o Papa polonês a ser reconhecido santo.