Intimidade-com-DeusSempre tive dificuldade em fazer silêncio quando mais jovem, hoje nem tanto. Mas estou muito longe do ideal  do "silenciar para ouvir e viver na intimidade com Jesus."

O silêncio prepara os santos; ele os começa, os continua e os acaba.

Se quisermos ter uma intimidade com  Deus  e viver melhor, temos que cultivar o  silêncio.

Encontrei os 12 graus (ou passos) nas vias solitárias do silêncio.

Vou enumerar esses passos:

1- Falar pouco às criaturas e muito  a Deus.

2- Silêncio no trabalho.

3- Silêncio da imaginação.

4- Silêncio da memória.

5- Silêncio  às criaturas.

6- Silêncio do coração.

7- Silêncio da natureza, do amor próprio.

8- Silêncio do espírito.

9- Silêncio do juízo.

10- Silêncio da vontade.

11- Silêncio consigo mesmo.

12- Silêncio com Deus.

Precisamos aprender sobre o valor do silêncio e começar a silenciar...

Silenciar exige domínio das próprias emoções, o que é difícil para muitas pessoas.

Silenciar é entrar em contato consigo  e se avaliar, acalmar as emoções, rever o comportamento.

Quando silenciamos entramos em contato íntimo com Deus, com o Divino que habita em todos nós.

O silêncio nos faz mais cristãos, ele possibilita escutar a nós mesmos, a natureza, os outros e, sobretudo Deus.

Fazer silêncio é confiar a Deus o que está fora do meu alcance e das minhas capacidades. É colocar a esperança em Deus.

O silêncio favorece a meditação, e é no silêncio e não no barulho, que Deus nos fala e se nos revela.

No nosso dia a dia, quantas vezes precisamos silenciar para escutar  a aflição do outro que quer ser apenas ouvido com atenção.

Quantas vezes  temos necessidade e caridade de silenciar para não ferir alguém!

Fazer silêncio na Igreja  é sempre necessário, pois é escutando, meditando, orando que vamos aumentando a cada dia  o nosso contato com Deus. E precisamos do silêncio exterior para chegar ao silêncio interior.

Quando estava meditando sobre o valor do silêncio, pensei  que em muitas ocasiões de minha vida, se tivesse silenciado, e controlado minhas emoções, os  resultados seriam mais positivos.

Mas como dizia minha saudosa mãe, sempre é tempo de começar e recomeçar...

Que Jesus, o sábio dos sábios, nos dê sabedoria para aprender a silenciar sempre que se fizer necessário.

Por  Maria Aparecida  João, Missionária da Comunidade Deus Proverá

Seu comentário é muito importante para nós