motivacaoDesde pequenos ouvimos dizer que a vida é uma luta. E é mesmo. Todos os aspectos da vida nos levam a travar uma batalha, e isto desde o nosso nascimento. Aliás, o nosso nascimento é uma luta. Lutamos como desesperados para vir à luz. E então tudo começa. A cada fase de nossa vida encontramos vários motivos para continuar crescendo. Cada um encontra dentro de si, nos seus sonhos, nas suas expectativas, motivos para continuar a viver e mais que isso, achar um sentido para suas realizações. Quando amadurecemos, começamos a questionar o verdadeiro sentido de estarmos lutando. Mas, nem por isso deixamos de lutar. Há uma força que nos move. Há sempre, permeando nossas ações, uma motivação que não nos deixa desanimar.

 

A motivação é interior, é gerada dentro de cada um de nós a partir da autorrealização que sentimos quando executamos algo. E esse algo não precisa ser, necessariamente, uma grande coisa.

As coisas mais simples do nosso dia-a-dia podem desencadear uma satisfação dentro de um coração motivado. Num coração motivado até os erros são um motivo para tentar de novo e acertar. A motivação é flexível, se modifica a cada momento durante toda vida, pois assim como a vida é dinâmica, a motivação também é.

Um dos grandes fatores que desencadeiam a desmotivação é o apego que temos a determinadas circunstâncias ou fatos de nossa vida, que passam, mas que nós não aceitamos. E ao ficarmos presos ao que não tem mais solução, perdemos o sentido de continuar lutando. Buscamos mil desculpas para colocar a culpa nos outros e nos acontecimentos num problema que está dentro de nós. Nada nem ninguém nos motiva ou desmotiva. O impulso está dentro de nós.

Como existem pessoas que transformam seu desejo numa motivação diária que os faz vencer as inércias da vida, enquanto outros não? E não se trata de inteligência. Muitas pessoas inteligentes são preguiçosas diante dos desafios da vida. Nem é questão de muitas boas oportunidades. A capacidade de superar as dificuldades e os cansaços próprios da vida se baseia no fato de ver cada meta como algo grande e positivo que podemos e devemos conseguir.

Nas pessoas motivadas sempre há algo que lhes permite obter satisfação onde os outros não encontram. Motivação é ter um motivo para agir. Ter motivação significa ter um desejo por traz de suas ações. A motivação é responsável pela persistência quando queremos atingir uma meta. Surge pela curiosidade, pelo sentimento de querer fazer.

A motivação nos anima a prosseguir para conseguirmos realizar nossos objetivos. A motivação deve ser trabalhada todos os dias. Ela nos faz lembrar dos motivos que temos para caminhar.

E você? O que te motiva? Qual sua meta?

"Seja você mesmo a mudança que quer ver no mundo" (Gandhi)

Por Sonia Castoldi, Formadora Geral da Comunidade Deus Proverá

Seu comentário é muito importante para nós