O 55° Cenáculo Comunitário da Comunidade Deus Proverá nos trouxe, por meio de nosso Fundador Irmão Rodrigo Dias, uma palavra de grande importância para este mês tão especial dedicado a Nossa Senhora das Graças, onde novos irmãos ingressarão no carisma e outros renovarão o seu Sim ao chamado de Deus.
 
A moção de novembro foi inspirada no Evangelho de Mateus 16, 18 onde somos chamados a acolher essa palavra e a responder a ela com a nossa vida. Tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a minha igreja.
 
Uma vez que Jesus não dirige essas palavras a nenhum outro discípulo, senão Pedro, o que ela tem a dizer a nós? O que condiz com a nossa vocação e com a nossa vida?
 
Jesus fixou os olhos em Pedro, constrangeu e quebrou o seu coração. Jesus escolheu um homem como líder na visão humana, prática e divina. Jesus sabia da necessidade que “o corpo peregrino da igreja” tivesse uma cabeça e, dentre todos, escolheu Pedro.
 
É fácil compreender essa iniciativa. Uma vez que todo o grupo humano precisa de uma cabeça visível para manter a ordem e a integridade. Nenhuma instituição sobrevive sem essa característica.
 
Isso é algo muito valioso, porque hoje nós vivemos numa época que se fala muito de democracia e de liberdade. Não que sejamos contra isso, porque foi para a liberdade que Cristo nos libertou, mas liberdade é diferente de libertinagem e democracia é muito diferente de quem faz o que quer, do jeito que quer e quando quer.
 
A Igreja é semelhante ao próprio Jesus, isto é, humana e divina.
Cristo é a igreja. Ele é a cabeça invisível, por isso escolhe uma cabeça visível, que é o Papa. E o catecismo da igreja vai nos dizer que somente a Simão, a quem deu o nome de Pedro, o Senhor constitui como a pedra de sua igreja. Quantas vezes nos perguntamos porque
 
Deus nos escolheu para uma vocação? Porque que Ele nos chamou para algo no Reino Dele?
 
Porque Ele não desiste de nós?
 
Deus conhece a nossa humanidade. Ele conhece os nossos medos as nossas dificuldades e as nossas limitações, mas mesmo sabendo tudo isso de nós Ele decidiu, na sua divindade, edificar uma obra sobre a nossa vida.
 
Deus sendo a cabeça da igreja e conhecendo a nossa humanidade nos escolheu como “pedra”. Todos nós somos pedras únicas. Deus quer lhe dar uma missão.
 
Há um propósito a ser edificado sobre a tua vida. Deus te quer “pedra” e sobre você edificará a Igreja e o Carisma Deus Proverá.